8 de novembro de 2012

[Das Páginas Para a Tela] Jogos Vorazes


O Das Páginas Para a Tela de hoje conta com a participação especial do colaborador João, as partes em azul são do João e as de roxo são minhas, espero que gostem!


A saga Jogos Vorazes, ganhou sua primeira adaptação para o cinema no começo desse ano e atingiu um alto número de bilheteria, agradando milhões de pessoas, menos a Ananda e em partes eu. Mas só quem leu os livros vai nos entender.
Eu estava muito ansiosa por Jogos Vorazes, não vi no cinema, para falar a verdade eu só assisti muito tempo depois do filme ser lançado, e assisti antes de ler o livro. Eu já conhecia parte da história por ter lido resenhas em blogs, tanto do filme quanto do livro.

Jogos Vorazes, como todos já devem saber, conta a história de Katniss Everdeen, uma adolescente de 16 anos que mora no distrito 12, que fica em uma nação chamada Panem, que é nas ruínas onde antigamente era a America do Norte. Todo ano acontece os Jogos Vorazes, que são quando um menino e uma menina de cada distrito são escolhidos pela irem lutar até que haja somente um vencedor. E na 74ª edição, Prim, a irmã de Katniss, é a escolhida. Mas Katniss resolve ir em seu lugar para poupa-la. Então ela e Peeta Mellark saem como destino à Capital para se preparar para os jogos.
Eu estava muito ansioso para o lançamento do filme, pois seria o primeiro filme que eu veria que já tinha lido o livro antes. Só que isso acabou me deixando bem mais critico em relação ao que eu vi no cinema. Não é que o filme foi ruim, muito pelo contrario, eu adorei, mas eles poderiam ter colocado alguns detalhes importantes que resolveram tirar.
O filme é muito bom, o elenco é excelente e os efeitos também, mas (porque sempre tem um “mas”) o roteiro não me agradou, eu sempre fui muito crítica com as partes técnicas de um filme, desde que eu comecei a analisar mais a fundo os filmes (prática que eu elevei assistindo a saga Harry Potter), o roteiro de Jogos Vorazes é bom, interessante e até segue o livro, só que (como acontece em todo filme) eles cortaram muitas cenas, e algumas delas para mim fizeram falta.
Jennifer Lawrence mostra que veio para ficar e dá um show no papel de Katniss, fazendo parecer que a personagem foi escrita pra ela desde o inicio. Outro personagem que se destacou e roubou a cena, foi Stanley Tucci no papel de Caeser Ficklerman, ele mostrou muita naturalidade e simpatia, fazendo uma boa interpretação do personagem em questão.

Os efeitos também não deixam a desejar, porque são muito bons, por exemplo, na cena do desfile de abertura, conseguimos ter a impressão que as roupas estão realmente pegando fogo. Outra cena que ficou muito boa foi à abertura dos jogos, retratada de uma maneira bem semelhante ao livro.
Jogos Vorazes tem muita ação, Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson têm uma química muito boa e as cenas entre eles são incríveis. O filem também me emocionou na parte em que Rue morre. Ao contrário do que o João falou, eu não acho que o Stanley Tucci roubou a cena, para mim quem roubou a cena mesmo foi Woody Harrelson no papel de Haymitch, o mentor bêbado de Katniss e Peeta. Eu considero Haymitch um dos melhores personagens, tanto do livro quanto do filme, e Woody desempenhou bem o papel.
Uma outra parte do filme que não me agradou muito foi no final, quando eles estão na Cornucópia e as bestantes perseguem Peeta e Katniss, quem já leu o livro vai me entender.
Jogos Vorazes foi só o primeiro filme, ainda tem mais três pela frente, onde eu espero que supere esse e corrija alguns erros mínimos que foram mostrados nesse daqui.
Se eu gostei do filme? Sim, gostei muito, foi um filme muito bom, mas não tão a altura do livro, porque na minha opinião nunca um filme vai ser a altura do livro. Apesar dos pesares estou curiosa pela continuação.

Avaliação do João: 4 estrelas