6 de novembro de 2012

[Resenha Dupla] Em Chamas (Jogos Vorazes #2)


Essa resenha pode conter spoilers do primeiro livro, caso não tenha lido Jogos Vorazes não é recomendado que leia essa resenha. A resenha de Jogos Vorazes encontra-se aqui.

Essa é uma resenha dupla, feita por mim e pelo colaborador João, as partes em roxo são minhas e as em azul são do João.

Em Chamas é o segundo volume da trilogia “Jogos Vorazes”, após a inusitada vitória de Katniss e Peeta, a Capital está mais apreensiva em relação ao resultado dos últimos Jogos, pois a vitória do casal do distrito 12 levantou suspeitas e iniciou uma revolução nos outros distritos. Katniss e Peeta são ameaçados pela Capital e a única solução encontrada é coloca-los novamente na arena.

Logo que eu acabei de ler Jogos Vorazes eu já parti para Em Chamas, mais uma vez me surpreendi com a história e certamente não foi nada do que eu estava esperando. No segundo livro da série a história continua sendo narrada sob o ponto de vista de Katniss, que após vencer os Jogos vive em uma das casas destinadas aos campeões junto com a sua família. Já de cara é possível perceber o quanto ela foi afetada pelos Jogos, assim como a sua família e, principalmente, Gale.
Nesse livro, você percebe que Katniss está mais indecisa do que nunca em relação à Peeta e Gale. E isso é mostrado em varias partes do livro, onde ela quer ficar com um, mas tem medo de perder o outro. Mas isso fica cada vez mais difícil no decorrer do livro.
Katniss agora vive no conforto, mas isso não significa que ela tenha abandonado suas antigas práticas de caçar, agora que Gale é maior de idade ficou a ela a responsabilidade de levar comida para a casa dele. Enquanto isso ela tem de lidar com a sua nova rotina, pois já que ganhou os Jogos ela tem de sair em turnê, junto com Peeta, e ainda fingir que eles são os amantes apaixonados que mostraram ser.
Suzanne Collins não economiza nas surpresas e nos joga varias bombas, por exemplo, sobre boatos do distrito 13 nunca ter deixado de existir, fazendo Katniss ficar esperançosa, pensando que se for mesmo verdade, será mais uma força para as recentes revoltas que estão acontecendo em outros distritos.
Tudo começa a desmoronar para Katniss quando o presidente Snow a visita, e deixa uma ameaça bem clara para ela: convencê-lo de que ela e Peeta realmente se amam, caso contrário todo o seu distrito, assim como a sua família, estará condenado. Ao fim da turnê Katniss não consegue convencer o presidente, e após um ato errado no distrito 11, ela e Peeta se veem novamente tendo que enfrentar os perigos da arena, assim como seus novos oponentes. Nesse livro a edição dos Jogos Vorazes é diferente, ela é conhecida como o Massacre Quaternário, e a regra para escolha dos competidores é que os vencedores vivos serão os que irão competir.
Peeta consegue superar a entrevista do ultimo Jogos Vorazes, e revela algo que pode mudar o modo dos Jogos. Mas Katniss ainda quer fazer de tudo para proteger Peeta, mesmo sabendo que isso irá custar sua vida.
Na arena, Katniss e Peeta conhecem aliados, e após um acidente com Peeta, Katniss acaba por entregar o jogo e mostrar os seus verdadeiros sentimentos pelo “garoto do pão”. A batalha segue mais sangrenta do que nunca e agora, além de terem que enfrentar os oponentes, eles têm que lutar contra os perigos que a própria arena apresenta.
Suzanne Collins consegue fazer novamente um livro, onde a história se movimenta rápido, não deixando você parar de ler até chegar ao final. E mesmo depois que chega ao final, você quer ler o ultimo livro o mais rápido possível, tudo por causa do final surpreendente.
A narrativa flui rápido como no primeiro livro, e torna impossível para de ler antes de chegar ao final, que é mais explosivo do que nunca, e totalmente inesperado. Sem dúvida Em Chamas entrou para a minha lista de favoritos.

Confira a programação da Semana Especial Jogos Vorazes: http://www.entrelinhascasuais.com/2012/11/semana-especial-jogos-vorazes-trilogia.html