5 de maio de 2013

Cantinho do Jão #1 - A Culpa é das Estrelas


Depois de muito tempo sem aparecer aqui no blog, olha quem resolveu voltar. Além de voltar, eu trouxe novidades: o Cantinho do Jão! Mas você deve estar se perguntando: "QUE MERDA É ESSA?". E eu te explico, essa é a minha coluna semanal para falar sobre o que eu quiser, como séries, filmes, livros, música, e tudo que me der na telha.

E pra começar, essa semana vou falar sobre A Culpa é das Estrelas, o livro que me fez chorar e rir ao mesmo tempo, que fez passar a noite em claro, louco por um final.

O livro narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.

No começo desse ano, eu estava atrás de um livro para dar de presente de aniversário para uma amiga e depois de horas procurando, achei esse livro. Na hora que li a sinopse, pensei que seria um livro depressivo com toda uma linguagem chata e cansativa, mas resolvi ir atrás de uma opinião de alguém que já tinha lido. Falei com a Nanda e ela me falou super bem do livro. Então fui eu lá contar as moedinhas pra comprar dois exemplares.

E agora eu posso dizer que as moedinhas valeram muito a pena. ACEDE foi um dos melhores, se não, o melhor livro que li (As Vantagens de ser Invisível, desculpa). Além do livro ser escrito em uma linguagem jovem e divertida, ele tenta passar uma mensagem muito bonita, fazendo as pessoas que o lêem, darem mais valor a suas vidas e não reclamarem tanto, como costumamos fazer normalmente.

O livro é um grande gerador de citações como o eterno "O.k." que é usado em grande parte do livro e que virou marca registrada dos fãs. Na contra-capa do livro, pode-se encontrar umas das maiores citações de Hazel:

"Alguns infinitos são maiores que outros" - Hazel Grace
John Green soube como fazer um livro mostrando a realidade, mas de uma forma bonita e divertida e por isso A Culpa é das Estrelas merece 5 estrelas e um espaço privilegiado na minha estante e no meu coração. Por isso eu falo, se você não leu ainda, corra para a livraria mais próxima e compre agora. E se você já leu, comente abaixo o que achou do livro.

Espero que tenham gostado. Peço que comentem o que acharam e deixem sugestões pros próximos. Me sigam no twitter, @joaogsilva11 e esperem ansiosamente pelo post da semana que vem. Até a próxima, 2bjs.