24 de setembro de 2013

[Resenha] O Amor Mora ao Lado - Debbie Macomber

Autora: Debbie Macomber
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630526
Páginas: 160
Ano: 2013
Skoob
Avaliação: 4/5 e ♥.

A vida de Lacey Lancaster estava uma bagunça, seu casamento havia acabado há pouco tempo e, decidida a tomar as rédeas da situação, ela decide abandonar seus sonhos de ser esposa e mãe e seguir em frente, tudo isso tendo companhia sua gatinha, Cléo.
O Amor Mora ao Lado é o segundo livro da autora Debbie Macomber lançado pela Novo Conceito, não conhecia a escrita da autora, mas me encantei com tudo. O livro é uma delícia de ser lido, a linguagem é leve e ele é bem fininho, demorei uma hora e meia na leitura do livro, porque a história realmente prende a atenção do leitor.
Lacey me conquistou desde o início, ela é divertida e sensível, e um pouco insegura também, mas às vezes se faz de durona. E o que dizer de Cléo? A gatinha que inicialmente parecia ser apenas uma personagem secundária tem toda uma importância na história, achei adorável a forma como Lacey cuida da gata, com todo amor e carinho, mesmo tendo que lidar com a barra que sua vida se tornou.
O modo como Jack entra na vida de Lacey é cômico e tem uma certa situação envolvendo sua namorada que me arrancou risadas. Jack é um caso a parte na história, desde o início somos levados a crer que ele é um conquistador barato e que vai, mais uma vez, machucar o coração de Lacey.
O desenrolar da história é muito legal de se acompanhar, não vou revelar o que acontece, pois, por ser um livro relativamente pequeno, pode conter spoilers e acabar com toda a graça do livro, que são as descobertas que ele nos traz.
O Amor Mora ao Lado é um livro sobre como a primeira impressão pode ser errônea, eu gostei de ver como a autora mostra um crescimento na personagem principal, e o livro também leva a reflexões. O final do livro é ótimo e divertido. Esse foi o meu primeiro contato com a autora, mas vou ler mais que depressa A Pousada Rose Harbor. O livro possui também um apêndice com petiscos felinos, que eu achei muito interessante.

Ps.: Sempre quis ter um gatinho (ou gatinha), mas nunca foi permitido e esse livro só fez eu me apaixonar ainda mais por esses bichinhos.