4 de novembro de 2013

[Resenha] Híbrida - Mari Scotti

Título: Híbrida (Neblina e Escuridão, Vol 1)
Autor(a): Mari Scotti
Editora: Novo Século - Novos Talentos da Literatura Brasileira
ISBN: 9788576799542
Páginas: 360
Ano: 2013
Avaliação: 3/5

Híbrida conta a história de Ellene, uma jovem pertencente a um clã de lobisomens, mas que sempre se sentiu diferente dos seus irmãos, pela demora em desenvolver suas habilidades. Com poucas lembranças do seu passado cheio de mistério, ela resolve investigar sua existência, mas acaba se vendo envolvida em uma guerra de vampiros. Ellene ainda enfrenta pesadelos sombrios, onde um homem envolto por uma neblina aparece para ela. Híbrida é o primeiro volume da série Neblina e Escuridão, da autora Mari Scotti.
Em outro núcleo da história, a rainha dos vampiros foi sequestrada há quase cem anos e seu marido, Milosh, desde então a busca. Ao finalizar cem anos do desaparecimento da rainha, um novo governante tem de ser escolhido, e isso é o que Milosh menos quer.
Comecei a leitura de Híbrida com muitas expectativas, afinal gosto do gênero sobrenatural e a sinopse me atraiu, por ser uma história de vampiros e lobisomens que se passava no Brasil. Algumas expectativas foram atendidas, outras, nem tanto. A história de começa apresentando os personagens, gostei da forma como a autora fez uma boa descrição deles, porém, não senti aquela ponta de realidade nos personagens, aquele sentimento de familiaridade com eles. Isso foi em parte um dos motivos pelo qual a leitura não fluiu da forma como eu esperava.
Outro ponto em que eu me senti desconfortável foi a narrativa, às vezes o fluxo de informações era tão grande que não era possível assimilar todo o conteúdo, e outras, muito devagar, causando lentidão na continuidade da história. Mas em contrapartida, conforme passei da metade do livro, a história ganhou forma e consistência, a narrativa me envolveu e me conquistou, tanto de que da metade para o fim foram umas poucas horas de leitura.
Eu gostei da personagem principal, seu espírito aventureiro e curioso me chamou atenção, mas logo de início o mistério chave, sobre quem ela era e suas origens, foi desvendado por mim, pois os fatos estavam ali, era só amarrar que chegaria ao que é falado apenas no final.
Um ponto forte na narrativa é a junção das histórias de Milosh e Ellene, intercalando as lembranças dele, com as descobertas dela. Ficou claro desde o início que Ellene e Milosh irão ter um envolvimento, porém não criei nenhum tipo de shipp por eles, nem por Ellene e Tomás, um lobisomem que vive na aldeia de Ellene e é apaixonado por ela.

A capa do livro é muito bonita, a diagramação foi bem simples e uma parte que deixou a desejar foi a revisão do livro (e isso também dificultou a leitura, porque sou muito chata com isso). Encontrei muito erros de vírgula, ortografia, um ponto que a editora deveria pegar mais firme. No geral, Híbrida é um bom livro introdutório, conquistou uma parte de mim e eu fiquei curiosa pela continuação. Híbrida é o primeiro volume da série Neblina e Escuridão, da autora Mari Scotti.