28 de abril de 2014

[Resenha] Casa de Segredos - Chris Columbus & Ned Vizzini

Autor(a): Chris Columbus, Ned Vizzini
Editora: Galera Record - Selo Galera Júnior
ISBN: 9788501400031
Páginas: 352
Ano: 2014
Skoob
Avaliação: 4/5 + ♥

Sinopse: Brendan, Eleanor e Cordelia Walker um dia tiveram tudo: uma bela casa em São Francisco, pais adoráveis e todo o tipo de bugiganga eletrônica que podiam desejar. Mas tudo mudou depois que o pai perdeu o emprego em um misterioso incidente. A família está em dificuldades e precisa se mudar. À primeira vista, a mansão Kristoff parece perfeita. Mas a casa que pertencia ao misterioso escritor Denver Kristoff é cheia de segredos, e os três irmãos vão parar em um lugar selvagem que parece se misturar ao terreno da casa. Guerreiros medievais patrulham as florestas, piratas fantasmagóricos rondam os mares e uma rainha sedenta por poder governa aquelas terras. À medida que desvendam o mistério, Bren, Délia e Eleanor vão descobrir o verdadeiro significado de lar e perceber que não apenas sua família — está mais para a humanidade — que está correndo perigo.

Eu gosto de pensar que dentro de mim existe uma criança, daquelas sempre prontas para brincar ou se aventurar em um livro ou filme. Fiquei muito feliz quando percebi que essa criança despertou durante a leitura de Casa de Segredos.

Encarei a leitura sem procurar por muitas recomendações e foi muito bom me “perder” (ou me encontrar) nas páginas do livro. De início já me encantei com a caçula da família, Eleanor, e seu jeito, apesar da pouca idade pude perceber a sua personalidade forte. Já Brendan, o irmão do meio, me pareceu o típico pré-adolescente emburrado e que troca o convívio social por uma partida de PSP. A personagem com quem eu mais me identifiquei foi Cordelia, com seu jeito sabichão (e um pouco petulante) às vezes.

O mistério em torno das duas famílias é o ponto chave do livro, mas a história não gira apenas em volta disso, o que fez com que ela se tornasse única, na minha opinião. Com a evolução da história, os irmãos vão descobrindo seus defeitos, corrigindo seus erros e estreitando seus laços. Achei muito bonito como foi a mostrada a união dos três, apesar de todas as dificuldades.

Foi uma leitura proveitosa, de linguagem fácil e os capítulos curtos em nenhum momento me entediaram. Muitos outros personagens surgiram durante a história, e todos eles tinham um ponto em comum. O livro, apesar de ser bem infanto-juvenil, me encantou de muitas formas.


Casa de Segredos foi uma leitura mágica e envolvente, que me fez me sentir como uma criança e me levou a um mundo que eu achei que não tinha mais acesso.