27 de agosto de 2014

Bienal do Livro de São Paulo 2014 - Parte Um



Cheguei em São Paulo na manhã do dia 23/08. Por volta de 8 horas cheguei ao parque do Anhembi e meu primeiro pensamento foi: isso é o inferno na Terra. Eu já sabia que a fila para entrar estava grande, mas não tanto como o que eu vi.

Depois daquele sufoco básico para entrar, o que incluiu em eu ser a escolhida para levar um cagada de pombo, fui correndo para o estande da Arqueiro pegar senha para o autógrafo do Harlan Coben. Me troquei e fui para o estande da Novo Conceito, onde conheci a Nanne (O Livreiro) e a Gabi (Livros e Citações).



De lá, fui para o encontro de blogueiros do Grupo Editorial Pensamento, organizado pela Nica (Drafts da Nica) e pelo Robson (Perdido Em Palavras). Cheguei antes de todo mundo que eu planejava encontrar. Mais ou menos uns 15 minutos depois do evento começar, o pessoal chegou. Eu estava longe, mas venci as barreiras da vergonha e dignidade e fui para perto deles. Confissão: quase chorei ao conhecer o Gus (Jantando Livros) e reencontrar a Ceile (Este Já Li), mesmo que o primeiro tenha me recebido com um “que linda, parece minha hérnia”.


O evento do grupo Pensamento foi bem legal, o editor do grupo é super gente boa e ainda rolou uma competição que o Gustavo fez questão de acertar praticamente todos os títulos. Quase perto do fim do evento uma parte da galera seguiu para o workshop da editora Gente, eu fiquei no estande do grupo Pensamento para comprar dois livros e esperar pelo meu pai. Resultado: me perdi de todos, ficando eu e Nickey.


Mesmo sendo o inferno na Terra por conta de todos os autores presentes, segui me arrastando (e sendo arrastada) pelos corredores à procura de comida (cara e ruim). Fui para a sessão de autógrafos do Harlan e foi hilário. Ele é super gente boa e estava maravilhado com toda a atenção. No caminho encontrei o Leo (Um Leitor A Mais), que é muito mais alto do que eu imaginava. Encontrei também a Gleice (AIMEUDEUSAAUTORADEPICTAMUNDI) e saí berrando para cima dela, e bem, assustei a menina.








Passei no estande da Novo Século e conheci a nova equipe responsável pelo marketing da editora. Gostei muito de toda a atenção que eles dedicaram aos blogueiros. A Laura Conrado estava lá no estande, aproveitei para tirar fotos com ela. Eu adoro a Laura, ela é uma das autoras mais legais que eu eu conheço, simpaticíssima, educada e divertida, além de ser dona de um dos abraços mais gostosos. Conversei um tempinho com ela e segui para o estande da Pensamento para autografar Fortaleza Negra com a Kel Costa.




A sessão de autógrafos demorou um cadinho para começar e na fila fiquei papeando com o Gus, a Ju (do LiteRata) e a Jordana (Feed Your Head). Conheci também o Lucas (Escondido Nos Livros), um amor de pessoa, foi uma pena ter falado tão pouco tempo com ele, e a Fê (Leitora Incomum).  Depois de autografar, segui junto com o pessoal para o estande da Novo Conceito, que caso vocês ainda não tenham percebido, era o ponto de encontro dos blogueiros.



O nosso pseudo-encontro de blogueiros rendeu milhões de risadas, conheci mais pessoas como o Lucas (Descobrindo Livros), Lele (Tô Pensando em Ler) e a Rafa (La Vie Est Ailleurs). Reecontrei a linda da Dai (No Universo da Literatura). Consegui entrar no estande da NC para pedir autógrafos, a parte chata foi meu celular ter morrido e não conseguir tirar muitas fotos.

Depois nós tentamos ir para o encontro de blogueiros da Arqueiro, mas estava tão lotado que desistimos. E aí nós fomos embora e a lerda aqui sofreu um cadinho para se acostumar com a rapidez do metrô.