19 de agosto de 2014

[Resenha] Uma Carícia do Crepúsculo - Série Merry Gentry - Livro 02 - Laurell K. Hamilton

Sinopse: "O universo mágico repleto de erotismo e aventura onde vive Meredith Gentry, princesa da Corte Profana, está de volta em Uma carícia do crepúsculo, de Laurell K. Hamilton. No segundo livro da série, iniciada com Sedução profana, a Princesa da Carne está refugiada em Los Angeles, nos Estados Unidos, para se proteger das tentativas de assassinato comandadas por seu primo, o Príncipe Cel, que disputa com ela o trono dos encantados. Paralelamente, ela trabalha para a Agência de Detetives Grey, especializada em problemas sobrenaturais e soluções mágicas. Quando Andais, Rainha do Ar e da Escuridão, resolve abrir mão do trono da Corte Profana e nomeia como herdeiros seu filho, Cel, e a sobrinha Meredith, ela estabelece um critério para decidir quem governará seu reino: o primeiro que tiver um filho. Para isso, oferece a Meredith alguns guerreiros: Rhys, Frost, Nicca, Galen e Doyle, conhecido como a Escuridão da Rainha e integrante da guarda pessoal dela. Todos com a mesma missão, proteger a princesa e tentar engravidá-la. Quem conseguir, se casará com ela e será rei. O grupo ainda conta com Kitto, um duende que está lá por causa de um acordo de proteção com o rei de seu povo, Kurag. Enquanto faz o possível para garantir sua sobrevivência e gerar uma criança, Meredith se depara com um estranho pedido de ajuda. A estrela de Hollywood Maeve Reed – na verdade, uma encantada da Corte Abençoada mandada para o exílio – procura a Agência Grey para que a princesa use seus poderes e assegure que ela engravide do marido. Mas atender Maeve significa se indispor com Taranis, Rei da Luz e da Ilusão, tio de Meredith que governa os abençoados. O passado de Maeve esconde um segredo de Taranis que poderia lhe custar a coroa. Para completar, a barreira entre o mundo dos encantados e dos humanos está prestes a se romper: uma série de misteriosos assassinatos em Los Angeles pode estar ligada ao Inominável, um monstro criado há muitos séculos usando poderes de vários seres mágicos, mantido preso por conta de sua incrível capacidade de destruição. Quem puder controlá-lo terá acesso às forças mais antigas e assustadoras do universo encantado, com chance de se tornar imbatível. De uma hora para outra, Meredith passa a carregar um grande peso nos ombros: além da disputa pela coroa da Corte Profana, ela descobre que a Corte Abençoada também a quer. Qual lado a princesa deve escolher? Em meio a uma trama na qual a violência, o poder e o sexo caminham lado a lado, Laurell K. Hamilton prende a atenção dos leitores e garante diversão até a última página, deixando no ar o desejo pelos próximos episódios da saga".

Minha opinião: Uma carícia do Crepúsculo é o segundo livro da série que tem Merry como protagonista. Nessa continuação, temos um enredo mais desenvolvido, com menos cenas calientes e mais contexto. Dessa vez, Merry vai ter uma cliente muito importante, uma divã de Hollywood, a Maeve Reed, que há mais de cinquenta anos é um ícone da beleza e sensualidade e que fazia parte da Corte Abençoada.

"Já tinha sido a deusa Conchenn, até que o rei Taranis, Rei da Luz e da Ilusão, a expulsou da Corte Abençoada, do mundo encantado, e proibiu qualquer encantado de falar com ela". (p.31)


Acredito que a parte mais interessante do livro foi realmente descobrir o segredo relacionado a expulsão de Maeve da Corte Abençoada, pois colocou a história central sob uma nova perspectiva.
E também vamos começar a entender um pouco melhor sobre os seres encantados no mundo humano e porque muitos retornam a sua corte de origem.

"A lenda diz que os encantados exilados do mundo das fadas murcham e desaparecem, morrem. Isso é verdade e mentira ao mesmo tempo.... Alguns encantados menores murchariam e morreriam, literalmente numa cidade construída pelos homens. Mas a maioria dos encantados consegue viver numa cidade. Podem não ficar felizes, mas sobrevivem". (p.10)




Como a sinopse explica, ainda surgem novos desafios, como o inominável que irá testar Merry e seus guerreiros e deixar o leitor pensando em como poderá ser o futuro da protagonista.... se ela tiver um.

O livro é controverso em alguns pontos. Como o primeiro livro da série, mas em doses menores, o sexo é meio que liberado. Não há exatamente como saber com quem Merry irá dormir ou porque, mas se passou pela frente da mocinha, é bem provável que sim. 

A trama é intrigante depois que colocamos os preconceitos e crenças pessoais de lado. Tem muita ação, violência e sexo, mas também é uma trama diferente, inovadora.
Não é uma série recomendada para menores de 18 anos.
Em relação a revisão, diagramação e layout, a editora realizou um ótimo trabalho. A capa segue o estilo do primeiro livro, mantendo a coesão da série.
Espero que tenham gostado da resenha.
Aguardo comentários.
Beijos
Carol

Edição: 1
Editora: Rocco
ISBN: 9788532527295
Ano: 2012
Páginas: 352
Tradutor: Alyda Sauer
Skoob: Clique aqui
Avaliação: 4