31 de outubro de 2014

[Resenha] Fangirl - Rainbow Rowell

Autor(a): Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
ISBN: 9788542803686
Páginas: 421
Tradutor: Caio Pereira
Ano: 2014
Skoob
Avaliação: 3/5

Sinopse: Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real. Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto. Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências. Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

Confesso que nunca fui fã de fanfics, prefiro ficar apenas no mundo criado pelo autor. Esse não é o caso de Cath, 18 anos, fã ávida da série Simon Snow, que é bem parecida com Harry Potter. Uma coisa fácil de perceber foi que ela era completamente imatura, ao contrário de sua irmã gêmea, Wren. Ambas estão na faculdade, embora Cath não quisesse isso.

Eu tive vários problemas durante a leitura, acho que em parte foi por ter ido com muita sede ao pote, esperando algo parecido com E&P. Fangirl é uma história fofa, divertida, tudo na dose certa, mas (sempre existe o mas) não conseguiu me conquistar. O ritmo da narrativa foi bem lento, algumas coisas demoraram uma eternidade para acontecer e isso foi me desanimando.

Outra coisa que me incomodou muito foi a personagem principal, pensei que iria me identificar com ela por conta de Harry Potter, mas não aconteceu. Pelo contrário, criei uma certa aversão, tanta coisa acontecendo ao redor e ela saía do ar e/ou só focava nos próprios problemas. Além disso, ela é boba, muito boba, enfim, não gostei mesmo (e se essa era a intenção da autora, acertou em cheio).

Um ponto positivo no livro foi o romance, o desenvolvimento dele não foi forçado, aconteceu aos pouquinhos e isso conquistou meu coração shipper. Achei bonitinha a forma como foi mostrado o relacionamento entre as irmãs também. Wren é meio louca, desvairada, e também muito imatura, mas gostei mais dela do que de Cath.

Existem algumas partes meio tristes envolvendo a família de Cath, gostei de como a autora trabalhou com isso. Explica um pouco o comportamento da personagem. Além disso, deu margem para muitas coisas que acontecem no livro. Gostei de como mostraram o lado criativo dela, além dos trechos de suas fanfics e dos livros de Simon.

O livro terminou e eu fiquei sem saber o que pensar. Sendo bem sincera, dei três estrelas apenas pelo romance e pelo final. Foi uma leitura fácil, mas apenas não funcionou comigo. É um livro que vale a pena investir, apesar dos pesares.