16 de dezembro de 2014

[Resenha] A Batalha das Bestas (Casa de Segredos #2) - Chris Columbus & Ned Vizzini

Autor(a): Chris Columbus & Ned Vizzini
Editora: Galera Record - Selo Galera Júnior
ISBN: 9788501065315
Páginas: 336
Tradutor: Glenda D'Oliveira
Ano: 2014
Skoob
Avaliação: 4/5 + ♥

No segundo volume da série Casa de Segredos, os Walkers estão de volta ao mundo real, com algumas pequenas modificações causadas por Nell. Porém, para eles é difícil esquecer todas as aventuras vividas nos diversos mundos literários criados por Denver Kristoff. Os irmãos mais do que nunca precisam aprender a lidar com os problemas de verdade, até ocorrer um revés.

Comecei a leitura de A Batalha das Bestas com a expectativa lá no alto, eu me apaixonei pela escrita dos autores e pelo enredo criado. Felizmente, não me decepcionei com a continuação. Toda a construção da narrativa, os conflitos e pontos chaves fizeram com que eu me sentisse uma criança novamente. A inclusão de novos personagens também funcionou muito bem.

O livro começa seis semanas após o desfecho de Casa de Segredos, nesse meio tempo muita coisa mudou, mas nem tudo para melhor. Apesar de viverem uma situação financeira melhor, a família começa a se desestruturar, e parece que a única a perceber isso é Eleanor. Volto a frisar que a maturidade da menina me surpreende, assim como a sua inteligência. Sem dúvida é a personagem que mais me cativou no livro. Já Cordelia começa a perder as estribeiras diante de alguns problemas, mesmo que ela seja uma líder nata na escola. E Brendan, eu fiquei com pena dele, mesmo que ele me irrite com seu egocentrismo. Tudo corria normal, na medida do possível, até um pequeno acidente jogá-los novamente dentro das histórias de Kristoff. E aí que começam as aventuras de verdade.

Passando pela Roma Antiga e com pitadas da Segunda Guerra Mundial, os novos conflitos e personagens são um prato cheio para quem, assim como eu, gosta de se perder nos livros. Achei a narrativa do segundo volume muito superior à do primeiro. A história fluiu mais naturalmente e eu consegui visualizar todas as cenas, o que gera um bom filme. Aliás, os direitos de filmagem de Casa de Segredos foram adquiridos pela Rise Entertainment, que será dirigido pelo próprio Chris. Algumas revelações importantes foram feitas, quase perto do final, e confesso que fiquei chocada. Porém, a forma como elas foram tratadas me desagradou um pouco, acho que falto uma dramaticidade maior na cena. Além disso, fiquei bastante triste com o destino de um personagem, mesmo compreendendo o que aconteceu.

O término do livro deixa uma ponta aberta para uma continuação, que eu gostei bastante. Porém a mesma não foi escrita, por conta do falecimento de Ned Vizzini. Eu espero que tenha uma continuação, mas não ficarei chateada se fica em aberto, pois a história conseguiu atar a maior parte das pontas soltas. Esse é um livro recomendado para todas as idades, uma história incrível envolvendo literatura. Super recomendo!