14 de janeiro de 2015

[Resenha] O Diário Secreto de Lizzie Bennet - Bernie Su & Kate Rorick

Oi, pessoal! Meu nome é Ananda e eu estou completamente obcecada por Lizzie Bennet.

Autor(a): Bernie Su & Kate Rorick
Editora: Verus
ISBN: 9788576863410
Páginas: 364
Tradutor: Cláudia Mello Belhassof
Ano: 2014
Skoob
Avaliação: 5/5 + ♥

Sinopse: Uma adaptação moderna de Orgulho e Preconceito, baseada na série The Lizzie Bennet Diaries.
Lizzie Bennet é uma jovem estudante de comunicação que resolve fazer um vlog como projeto para a faculdade, postando vídeos em que reflete sobre sua vida e a de suas irmãs. Quando dois amigos ricos e charmosos chegam à cidade, as coisas começam a ficar mais interessantes para as irmãs Bennet - e para os seguidores de Lizzie na internet.
De repente, Lizzie - que sempre se considerou uma garota bastante normal - se torna uma figura pública. Mas nem tudo acontece diante das câmeras. E, felizmente para nós, ela escreve um diário secreto.

Lizzie Bennet não é velha conhecida minha, eu não costumava acompanhar seus vlogs, apesar de saber da existência deles. E como me arrependo disso. Ainda não li nenhum dos romances de Jane Austen, mas saber que a web série foi baseada em Orgulho e Preconceito meio que dá um up à coisa, né?

O legal de O Diário Secreto de Lizzie Bennet é que você consegue acompanhar o que acontece nos bastidores de cada vlog, o que completa a história de cada um. A narrativa me prendeu logo de cara e eu falhei na missão de acompanhar junto com os vídeos, simplesmente impossível, gente.

O livro é narrado em primeira pessoa por Lizzie e eu, que ainda não havia assistido a nenhum dos vídeos, me encantei com a personagem. Ela é divertida e sarcástica até certo ponto, além de bem inteligente. Os outros personagens também me conquistaram, na verdade tudo me conquistou, até Kitty, a gata que nem aparece direito.

Não existem pontos negativos que eu possa citar na história, ela é bem fechadinha e é uma delícia para se ler. O livro pode parecer grande, mas é daqueles que você não consegue largar até chegar ao final. E eu estava sofrendo tentando adiar a leitura e não terminar, ao mesmo tempo em que eu queria chegar ao fim. Meio paradoxal, eu sei, mas foi desse jeito que aconteceu.

Obviamente temos romance, muito romance, MUITO, e não é água com açúcar que enjoa. Eu shippei Jing, eu shippei Dizzie, eu sofri com os dois. E também sorri. E chorei. Foi uma aventura, meus amigos, mas eu faria tudo de novo, porque terminei a leitura já com saudade.

E é isso que faz um livro bom, essa vontade de reler assim que termina (confesso que foi difícil, algumas partes eu reli). Eu não era fã, não estava ansiosa pela publicação, sinceramente, eu nem sabia direito do que se tratava. Mas eu viciei no momento em que li a primeira linha (ok, talvez o primeiro capítulo) e assisti ao primeiro vídeo. É um arrependimento enorme por ter demorado tanto, mas pelo menos eu vi tudo agora.

Acredito que depois dessa rasgação de seda eu não preciso dizer que indico o livro, né? Mas vou falar assim mesmo. LEIAM PORQUE VALE SUPER A PENA (em caps porque aí vocês assustam e já correm pra livraria). E ASSISTAM TAMBÉM, TEM LEGENDA EM PORTUGUÊS!

E é isso, um beijo e até a próxima.