29 de maio de 2015

[Resenha] Adeus, por enquanto - Laurie Frankel

Autor(a): Laurie Frankel
Editora: Paralela
ISBN: 9788565530224
Páginas: 320
Tradutor: Maria Alice Stock
Ano: 2013
Skoob
Avaliação: 5/5 + ♥

Sinopse: A talentosa autora de Atlas do amor inova em seu segundo romance, no qual conta a história do jovem casal que estendeu seu amor para além dos limites da vida. Não é milagre e nem magia, é pura ciência da computação. Graças ao software que Sam Elling, um divertido programador do MIT, desenvolve, torna-se possível conversar com projeções perfeitas de pessoas queridas que morreram. Assim, ele ajuda sua namorada a superar a perda recente da avó, mas não esperava que um dia fosse precisar se tornar usuário de seu próprio programa...

Quando você ama alguém, você quer que esta pessoa esteja sempre ao seu lado. Porém, a vida acontece e com ela a morte. É assim que Meredith se sente quando sua avó falece. Seu namorado Sam desenvolve um software para que ela possa superar, onde ela consegue conversar com a avó por meio de e-mails e chamadas no Skype. Mas o destino às vezes prega peças e Sam precisa se tornar um usuário do próprio programa.

Faz muito tempo que li esse livro e recentemente peguei para ler de novo. Lembro que quando comecei muitos disseram que eu ia chorar. E chorei, muito. Adeus, por enquanto não é uma história que segue os padrões convencionais. Cada página era uma surpresa para mim e foi um tanto doloroso acompanhar a história de Sam e Meredith.

A história tem um quê bem nerd, com todas as programações e softwares. Mas o foco mesmo é a dificuldade que todos nós temos de dizer adeus. É difícil se despedir de alguém que esteve ao seu lado desde que nasceu, como foi com Meredith. E é igualmente difícil quando se trata de alguém com quem você construiu uma vida, como foi com Sam. Porque, afinal, quem gosta de despedidas?

Sejam elas longas ou um breve até logo, dependendo da profundidade da relação é duro, é dolorido e é difícil de superar. E isso que me deixou apaixonada pela história. As pessoas que passaram a utilizar o programa da RePose queriam muito superar ou apenas pedir desculpas por não estarem presentes quando o outro precisou. E ainda manter viva a lembrança de quem é especial para nós. O medo de esquecer coisas que podem parecer insignificantes é enorme.

A narrativa é bem poética, com a inserção de cartas e e-mails trocados pelo casal. Sem contar a quantidade infinita de quotes maravilhosos que ela proporciona. Ela ensina sobre o tempo e como devemos fazer com que cada milésimo de segundo valha a pena. Porque quando nos dermos conta, ele já passou e talvez tenhamos perdido a oportunidade de fazer algo memorável.

“Você acha que vai ter todo o tempo do mundo. Acha que sempre vai existir ‘mais tarde’. Às vezes, de repente, horrivelmente, não há.”

Apesar da morte estar presente no livro, ele também fala muito sobre a vida. E como nós tendemos a esquecer da vida real, ficando apenas no mundo online. Fica clara essa dependência da tecnologia e como a vida passa por nós e muitas vezes não percebemos. É uma crítica ao mundo moderno e o que ele fez com as pessoas. Ao mesmo tempo é uma reflexão.

Adeus, por enquanto é uma história preciosa, sobre como o amor pode vencer barreiras e como nós temos que superar, não importe quando ou como. É um livro que vai fazer você chorar, isso é fato, mas é uma história linda.