19 de outubro de 2015

[Resenha] O Lado Feio do Amor - Colleen Hoover

Autor(a): Colleen Hoover
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501105738
Páginas: 336
Ano: 2015
Skoob
Avaliação: 4/5

Sinopse: Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

Sou fã convicta da escrita da Colleen e fico surpresa em como ela consegue prender a minha atenção. Assim que soube desse lançamento, fiquei ansiosa. Confesso que esperava um pouco mais da história, por conta dos comentários positivos que ouvi, mas ela conseguiu me surpreender mais uma vez.

Eu demorei um tempo para e placas a leitura, pois a mistura dos capítulos entre presente e passado estavam me deixando ansiosa e entediada, na mesma proporção. O clima de mistério sobre o que havia acontecido com Miles me deixava curiosa, porém algumas cenas me irritavam, por não apresentarem relevante para a trama. Tate, por outro lado, me surpreendeu de verdade. Eu não esperava uma personagem com uma opinião tão forte como a dela.

O desenvolvimento do romance entre os dois parecia inevitável, porém não aconteceu da forma usual. Definidos no padrão de apenas sexo, sem sentimentos, era óbvio que não iria funcionar a longo prazo. Isso foi uma das coisas que mais me incomodou no enredo. A tensão entre os dois é clara e fica possível perceber a infelicidade de Tate com a situação. Fiquei um pouco decepcionada por ela aceitar tão facilmente, contrariando a minha ideia de que ela era firme.

Mas como esse livro é da Colleen, obviamente eu ia sofrer. Existe toda uma construção psicológica que a autora vai apresentando durante a evolução dos capítulos, apesar de algumas ressalvas sobre como foram inseridas, o clímax da narrativa foi como um verdadeiro soco no meu estômago. Nem tentei segurar as lágrimas, porque era inevitável.

Durante toda a leitura eu questionei o título, pois não parecia encaixar com o que era apresentado. Demorei muito para conseguir expressar minha opinião sobre o livro, pois não havia digerido tudo direito. Só agora me dei conta de como o título encaixa com a história. Existe o lado bonito, que quem está de fora enxerga, onde tudo são flores e não parece haver nenhum problema. Mas Colleen também mostra que existe uma parte que nem todos enxergam ou enfrentam, que testam o quão forte é o amor e, principalmente, como as pessoas lidam com as adversidades.

O Lado Feio do Amor não entrou pro meu hall de favoritos da autora por conta da leitura não ter sido tudo aquilo que me haviam prometido. Lógico que muitos irão amar e sofrer, eu amei o livro, mas ele não teve o necessário para que eu o favoritasse. Entretanto, eu indico a leitura, mas é necessário paciência até atingir o ritmo certo, mas, sem dúvida, ela tem sua importância.