23 de dezembro de 2015

[Resenha] A Ruptura - L.J. Smith

Autor(a): L.J. Smith
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501105769
Páginas: 256
Ano: 2015
Skoob
Avaliação: 3/5

Sinopse: Após a morte de Black John, Cassie e o restante do Círculo finalmente podem relaxar. Tudo parece ir bem: as Chaves estão em seu poder, Adam e Cassie são oficialmente namorados e o clima da cidade em geral é de recomeço. Mas, enquanto todos comemoram o festival do equinócio de primavera, algo terrível acontece: sem nenhum motivo aparente, tia-avó Constance cai morta. E não parece ser uma morte normal. Agora, resta ao Círculo descobrir o que está colocando em risco a todos.

A Ruptura é o quarto livro da série Círculo Secreto. Ao contrário da trilogia anterior, este não foi escrito pela L.J. Smith. Isso fica notável quando se compara a narrativa. Enquanto L.J. possui uma fluidez que, mesmo quando a história está tediosa, consegue manter a atenção do leitor, a ghostwriter demonstra dificuldade em manter o foco.

Novos personagens aparecem neste livro, acrescentando uma dose de mistério que poderia até ser interessante, não fosse a falta de um ponto chave. A quantidade de plots é muito grande e, infelizmente, a autora não conseguiu adicionar os detalhes necessários a cada um deles. Além disso, alguns pontos dos livros anteriores não foram esclarecidos, simplesmente foram finalizados e só.

Com relação ao Círculo, o próprio título é um spoiler. Mesmo com a calmaria pós Black John, existem algumas rixas que não foram bem resolvidas. Infelizmente toda a evolução de Cassie parece ter ido embora junto com a autora original. O leitor se depara aqui com a mesma personagem insegura e reclamona do primeiro livro. Toda a sua força parece ter ido embora e ela fica se questionando a todo momento.

Além disso, toda a história do triângulo amoroso mal resolvido entre Cassie, Adam e Diana é um porre. Foram inúmeras páginas desperdiçadas com os dramas do trio para no final de tudo não fazer a menor diferença.