25 de janeiro de 2016

[Resenha] Ela está em todo lugar - Cherie Priest

Autor(a): Cherie Priest
Editora: Gutenberg
ISBN: 9788582353257
Páginas: 272
Ano: 2015
Skoob
Avaliação: 5/5 + ♥

Sinopse: May e Libby criaram a PRINCESS X no dia em que se conheceram, e desde então tornaram-se inseparáveis. Através da personagem, as garotas mataram todos os dragões e escalaram todas as montanhas que foram capazes de imaginar. Até Libby e sua mãe morrerem em um acidente de carro. Três anos depois, May começa a ver imagens da PRINCESS X em adesivos e pôsteres por toda a cidade. Isso só pode significar uma coisa: Libby está viva. E May não vai parar enquanto não encontrá-la.

Desde o lançamento deste livro que pipocaram indicações, me dando a certeza de que seria uma leitura que eu iria amar. Não foi diferente. Ela está em todo lugar mistura drama, fantasia e aventura. Tendo todas as doses certas do que é necessário para criar uma heroína contemporânea para todos os gêneros e idades.

A amizade entre Libby e May começou de forma pouco convencional, mas a escrita da autora permite perceber o quão forte é a ligação que as duas possuem. A criação da Princesa X poderia ser apenas uma brincadeira infantil, porém se tornou uma peça chave na resolução de todo o mistério. A construção dos personagens é excelente, indicando que todos eles são partes fundamentais de um quebra cabeças, pois apesar de existirem personagens secundários, eles não estão lá apenas para serem plano de fundo.

A narrativa em terceira pessoa foi a escolha certa, permitindo uma abordagem da história que não tira o foco dos pontos principais. A escrita da autora é super fluida, o que tornou impossível eu desgrudar do livro. Existe também a presença da tecnologia, que traz vários elementos de fora e te dão vontade de ir ao Google pesquisar sobre as pistas que vão sendo deixadas a cada capítulo.

Existem tantas coisas incríveis no livro que eu fico com medo de esquecer alguma parte. Começando pela astúcia e perseverança de May, que mostraram que para ser parte do, digamos, elenco principal de um livro não é preciso ser alguém que só existe na ficção. A todo o momento podemos cruzar referências com a realidade, que tornam a personagem muito crível, sem contar que a presença de girl power no livro é ótima. May não se deixa abater pelas incertezas, se mantém firme nas suas convicções, porém continuando humilde e sabendo a hora certa de pedir ajuda.

Outro personagem que foi importante para o desenvolvimento do enredo foi Trick, um hacker que ajudou May a desvendar o mistério envolvendo a Princesa X. Eu achei incrível o fato da autora não ter tentado iniciar um romance entre os dois personagens, coisa que é bastante comum entre livros do gênero, e isso só aumentou o conceito do livro. A união dos dois em prol de um bem maior é o que guia, e quando os dois seguem a mesma linha de pensamento, fica possível ver que ele não está na história apenas para ser o nerd da computação.

O clima de suspense permanece durante toda a narrativa e as pistas que foram surgindo só aumentaram a minha curiosidade. O melhor de tudo é ir descobrindo junto com os personagens, sem partes óbvias ou que matem toda a charada. Além da história escrita, o livro ainda vem recheado de ilustrações no estilo HQ, que vão construindo a trama da Princesa X. O trabalho gráfico ficou maravilhoso e funcionou perfeitamente com a leitura.

Ela está em todo lugar sem dúvida entra para a categoria dos melhores livros que já li. A Princesa X é uma heroína autêntica e cativante. E com certeza irá te encantar com suas aventuras. A diagramação da editora ficou excelente e eu simplesmente amei a cor roxa utilizada. Leiam este livro, o mais rápido possível, prometo que não irão se arrepender.